OUVINDO AS DEMANDAS DA POPULAÇÃO

OUVINDO AS DEMANDAS DA POPULAÇÃO

IMG_8671As mídias sociais têm se mostrado um canal bastante efetivo na comunicação entre a população e o poder público. Na esfera municipal, por exemplo, são direcionadas aos vereadores as mais diversas manifestações: reclamações, elogios, requerimentos, denúncias…

Nesta semana, o Vereador Marcel Alexandre (PMDB) recebeu um alerta por meio das mídias sociais, solicitando que fosse averiguado se em Manaus está acontecendo a distribuição das cartilhas do MEC que tratam da ideologia de gênero.

Essa tem sido uma das estratégias do segmento LGBT para que, sorrateiramente, o conceito de que o sexo masculino e feminino é uma construção social e cultural entre nas escolas. Ante essa denúncia, o vereador Marcel Alexandre se pronunciou:

“Considerando todas as questões que nos desafiam neste ano, tomamos, como ponto número um, a família. Estamos lidando com uma lei que já está tramitando na CMM para que não haja uma discussão de ideologia de gênero nas escolas municipais, considerando que já está vetado no Plano Municipal de Educação. Quanto ao material produzido pelo MEC, nós estamos vigiando e fazendo diligências para saber se chegou a Manaus. Até então, temos a informação de que não chegou, mas faremos um requerimento de informações à Secretaria Municipal de Educação. Se, porventura, este material chegou, faremos um Projeto de Lei, impedindo a sua circulação, por estar fora do plano Federal, Estadual e Municipal de Educação a questão de ideologia de gênero. Não é que queremos ser intransigentes e fechados a uma discussão, mas, para nós, cabe à criança ser: educada, informada e formada, e essa formação deve vir a partir de princípios. A criança precisa ter o conhecimento da legitimidade, do legal e do correto, para ter discernimento quando operar com alguma coisa que é diferente disso. E se ela não tem fundamento para a questão do gênero, que a natureza pôs que é masculino e feminino, como vamos ensinar para a criança que o gênero é o que ela decide e o qual tem simpatia? Para nós, não é assim, para a família, não é assim e para os pais, também não. Essa questão deve ser prioritariamente da família e dos pais. São os pais que devem lidar com a educação sexual de seus filhos! Se não for assim, o que teremos é uma doutrinação em nome de uma tolerância”.

 

CAPELANIA NA GUARDA MUNICIPALIMG_8666

Durante a discussão do Veto Total nº 042/2015, do Executivo Municipal, ao Projeto de Lei nº 075/2015 que tratava sobre a instituição do serviço de assistência religiosa – Capelania – na Guarda Civil Metropolitana de Manaus, o vereador Marcel Alexandre, durante o pequeno expediente, destacou a importância da matéria e reafirmou a grande necessidade desses servidores disporem de um instrumento dedicado que trabalhe a autoestima e o controle emocional, tendo em vista a pressão diária a que os guardas municipais estão sujeitos.

Ciente de que o Projeto de Lei padecia de vício formal de iniciativa, fato que o prejudicava, Marcel aproveitou a oportunidade e sugeriu que o Projeto de Lei fosse transformado em indicativo para que o prefeito tenha a sensibilidade de implantá-lo. A sugestão foi apoiada pelos demais vereadores em plenário.

CONGRESSO DE HOMENS 2015 – AP. MARCEL ALEXANDRE

O Congresso de Homens em 2015 chega à quarta edição no Ministério Internacional da Restauração, reunindo os sacerdotes que a cada ano mergulham para aprender mais de Deus e alcançar níveis maiores de libertação, cura, ensino e aprendizagem, visando ser a expressão da glória do Pai aqui na Terra e terem famílias saudáveis que honram e exaltam ao Senhor.

Neste ano, o tema Sacerdotes Curados vencem a crise com testemunho promete conduzir os homens a um nível ainda maior de crescimento e amadurecimento, mostrando que o sacerdote curado não apenas vence a crise, mas deixa a marca de um testemunho irrepreensível.

Aconteceu nos dias 24 a 26 de Novembro, no Templo do MIR.

 

Celebração do meu aniversário

Celebração do meu aniversário

É uma alegria me dirigir á todos vocês para expressar toda minha gratidão á tanta celebração ontem no dia . O meu entendimento é que aniversário é uma geografia de oportunidade de vida que Deus deu, o tempo que passou, o tempo da oportunidade que Deus deu no passado, e o tempo que se renova, é a oportunidade nova que Deus renovou, esse é um dos grandes presentes, é que o tempo agora que é dado por Deus vem limpinho, sem historia, sem divida nenhuma, é um crédito, e eu espero em Deus sabedoria para saber usar esse crédito da vida, de mais um ano de vida em favor da Glória e do nome Dele, em favor do Ministério que ele me confiou, pastoral, o ministério da minha família, relacio12107878_826160017481242_3059239379240737732_nnamento com meus amigos que me confiaram também o ministério público na sua representatividade como parlamentar na cidade de Manaus, e como líder político para o Amazonas, e líder espiritual também no mundo. Agradeço á Deus por toda essa oportunidade, e agradeço por ter você como amigo, companheiro, intercessor, crítico, avaliador, que com sua opinião, com sua manifestação me ajuda de alguma forma para que eu possa então no desenvolvimento desse sacerdócio, da família, do sacerdócio pessoal, do sacerdócio ministerial, espiritual e sacerdócio político possa ser um instrumento que glorifique á Deus, abençoe vidas e nos dê alegria. Muito obrigado mesmo, Deus os abençoe, conto com as orações de vocês e com o apoio que de sempre. Que Deus nos conceda mais vida e mais graça e como diz a palavra: “Ensina-nos á contar os nossos dias de tal maneira que alcancemos um coração sábio.” Salmos 90:12

MARCEL ALEXANDRE APELA PARA FORÇA NACIONAL DE SEGURANÇA

10500528_791771847586726_2396835322455436616_nDiante do clima de terror e insegurança, a população volta o olhar para aqueles que a representam, seja prefeito, governador, vereador, deputado, senador ou presidente, buscando uma resposta destas forças políticas que atuam em favor da sociedade.
Em respeito a essa sociedade, ao cidadão e a seriedade que o assunto reivindica, faz-se necessário que uma Comissão de Vereadores trate diretamente com os órgãos competentes da segurança pública, para que a cidade veja que seus representantes estão com os olhos na situação.
Devemos pensar em solicitar o auxílio Federal, para que o nosso povo tenha tranquilidade de ir e vir, tendo a certeza de que a segurança pública funciona. Não podemos permitir que o nosso Estado, se torne um modelo de “Governos Paralelos”, como se tornou o Estado do Rio de Janeiro. Necessitamos tomar medidas urgentes para que no futuro a situação não esteja fora do nosso controle. Precisamos dá voz ao GRITO DO POVO.
É inadmissível que a população tenha que mudar seus hábitos e toda uma cultura por causa do perigo imposto pelos bandidos.
Devemos abrir mão de vaidades políticas para que o caos não seja instalado em nossa Cidade. Fazermos um apelo a quem é de direito, por esse Auxílio Federal, e assim possamos responder a essa bandidagem como eles merecem.
Da maneira que está, só pedindo à Deus sua proteção.

Por: Assessoria de Comunicação.