Dia das Crianças | Dia do Professor Duas comemorações e um só clamor: Deus, salve nossas crianças!

Dia das Crianças | Dia do Professor Duas comemorações e um só clamor: Deus, salve nossas crianças!

Esta foi uma semana em que comemoramos o Dia das Crianças (12), e hoje (15), o Dia do Professor, o profissional que tem em suas mãos uma missão extraordinária: ensinar, trilhar com seus alunos a jornada do conhecimento e da construção do saber. Uma verdadeira arte!

Nos últimos dias, porém, parece que temos visto um ataque sincronizado do mal contra as crianças, contra aquilo que deveria ser tão brisa e tão tranquilo como a arte, e se tornou um instrumento de ferir as crianças, de induzir à pedofilia por mãos do próprio ser humano, de pessoas desconectadas com a pureza, com a vida, com o genuíno. Tudo se tornou tão perverso e pervertido que choca.

 

A exposição do Queermuseu, seguida da apresentação no MAM de um homem nu, onde uma criança é incentivada a tocá-lo, e agora da exposição em Belo Horizonte no Palácio das Artes, tem causado revolta na sociedade por permitirem a presença de crianças. Eles se valem do fato que as exposições indicam a maioridade para 18 anos e que as crianças estavam na presença do responsável.

 

Ora, esse relativismo jurídico, que diz que o responsável pode levar uma criança para uma exposição que mostra abertamente pedofilia, zoofilia, sexo grupal, mas diz que os pais não podem dar uma palmada em seus filhos, é uma vergonha! O que vemos é uma ideologia dando e retirando a autonomia da família quando bem lhes parece favorável, com o único objetivo de destruir o princípio familiar, o papel do pai, da mãe e dos filhos.

 

O teólogo polonês Dietrich Bonhoeffer disse: “O teste de moralidade de uma sociedade é o que ela faz com suas crianças.”. O que esperamos, então, da nossa sociedade, se continuarem a expor nossas crianças a esse nível de imoralidade e lixo, em nome da arte, da cultura e da educação? Aqui fica um alerta: Pais, saibam o objetivo das excursões e visitas programadas pelas escolas dos seus filhos.

 

Paralelo a tudo isso, um homem cheio de ódio se torna instrumento suficiente de ferida e atenta contra as crianças e funcionários de uma creche em Janaúba/MG. Para muito além desses que são instrumentos de ferir, encontramos Helley Abreu, um ser humano incrível, uma professora que, na sua garra, luta, sobriedade e altruísmo, deixa uma tenra mensagem, não pela maneira como morreu, mas pela maneira como deu a vida. De forma singular, podemos reacender a esperança num ser humano limpo, amoroso e que pode, como Jesus, sacrificar a vida pelos outros.

Nós nos unimos à dor da família dessa professora, educadora, servidora, que molda a vida na maneira correta e diferente, de salvar o próximo, de suavizar as consequências do ataque do mal, dando a própria vida e sacrificando o direito da sua família de tê-la para trazer paz e tranquilidade à vida de outras famílias, de outras tantas crianças que ela salvou.

Que fique o exemplo, a marca do ser humano que nós necessitamos hoje, que nos desafia o raciocínio, a lógica. De que forma? Se não houvesse seres humanos a ferir, não haveria a necessidade de outros ferindo-se e morrendo para salvar, para suavizar, para aliviar a dor de tantos.

Que Deus tenha misericórdia da humanidade e traga consolo sobre todos.

Que Deus tenha misericórdia das nossas crianças!

Que Deus salve o Brasil!

______________ 

Israel 2017 | Celebrar a Festa dos Tabernáculos em Israel este ano foi, além do cumprimento de uma chamada profética, tempo de colocar diante do Deus Eterno as famílias, a Igreja, a nossa amada nação, Brasil e a vida de centenas de pessoas que enviaram seus pedidos de oração.

 

No último dia da Convenção Internacional Tabernáculos Yerushalaim, CITY, o Apóstolo Renê Terra Nova entregou o Troféu CITY a diversas pessoas que têm se destacado no trabalho em favor de Israel. Tive a honra de ser um deles, reconhecido como líder cristão e político pela Lei 273/2011, de minha autoria, que declara irmãs as cidades de Manaus e Jerusalém. O objetivo da Lei é firmar acordos, programas de ação, convênios e outros programas de cooperação técnica, assim como promover o intercâmbio aos programas científicos, sociais, ambientais, culturais, esportivos e comerciais.

04 de Outubro  Um dia de celebração

04 de Outubro Um dia de celebração

04 de Outubro foi o dia que o Senhor fez! Dia de celebrar a vida de Marcel Alexandre, Apóstolo, Pastor, esposo, filho, irmão, amigo, discípulo, líder político, ajudador, conselheiro, servo.

Foi dia de nos regozijarmos e nos alegrarmos, porque temos um referencial de homem de Deus, coração pastoral, líder de excelência, caráter irrepreensível, marca de santidade. É um sonhador, focado em Jesus e na Sua Palavra, que acredita e trabalha incansavelmente para que o projeto do Deus Eterno se estabeleça na Terra e faça o Reino avançar.
O dia foi tão especial que o seu aniversário se alinhou com o relógio de Israel, na Festa dos Tabernáculos.

Parabéns, Apóstolo! Nós, sua equipe e ovelhas, lhe parabenizamos e oramos para que sua vida continue sendo esse modelo de santidade, integridade, honra e entrega a Deus e ao próximo.

“O Senhor te abençoe e te guarde; o Senhor faça resplandecer o seu rosto sobre ti, e tenha misericórdia de ti; o Senhor sobre ti levante o seu rosto e te dê a paz.” (Números 6:24-26)

“O Senhor vosso Deus já vos tem multiplicado; e eis que em multidão sois hoje como as estrelas do céu. O Senhor Deus de vossos pais vos aumente, ainda mil vezes mais do que sois; e vos abençoe, como vos tem falado.” (Deuteronômio 1:10,11)

 

Feliz aniversário, Marcel!

Meu filho, não sei qual foi o plano que Deus fez para nos unir com tanta intensidade. Seu caráter é tão nobre que qualquer líder sério temeria diante de você e do seu amor por Deus e pela Sua Palavra.

Sei que você tem passado por muitas lutas, pois às vezes somos cercados de pessoas com padrões confusos, que só olham para dentro delas mesmas. Como já conversamos em lágrimas muitas vezes: “Quando eles entenderão o projeto do Eterno?“. Sempre estamos olhando pra frente e muitos contemplando a esquerda e a direita.

Bem, o que importa é que nosso foco está NELE, e por Ele estamos sempre dispostos a pagar preço. Eu lhe conheço, lhe honro, lhe respeito e, claro, lhe amo como um pai ama um filho.

Nesses dias em que Israel levanta as tendas de Tabernáculos, ver você dentro do contexto completando mais um ciclo, é muita honra da parte do Eterno.

Continue nessa santidade que foi e é padrão para adolescentes, jovens, adultos e hoje para muitos líderes que lhe admiram. Feliz níver!!

Renê Terra Nova