Marcel Alexandre denuncia que mais de 500 ações tramitam no judiciário contra a Manaus Ambiental

Marcel Alexandre denuncia que mais de 500 ações tramitam no judiciário contra a Manaus Ambiental

Um dia após a Câmara Municipal de Manaus (CMM) aprovar indicação do vereador Marcel Alexandre (PMDB) para que a Prefeitura quebre o contrato de prestação de serviços da Manaus Ambiental, o parlamentar trouxe ao plenário da casa legislativa nesta terça-feira (2), mais um forte argumento para endossar o pedido de saída da concessionária da capital. Segundo o vereador, tramitam no Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) mais de 500 ações contra a distribuidora de água.

“A maioria dos processos diz respeito ao não fornecimento do produto e a cobrança indevida sobre os serviços não prestados”, declarou o parlamentar.

Ainda no discurso do peemedebista, a Manaus Ambiental desrespeita os poderes constituídos do Estado ao desprezar as medidas que são tomadas a fim de que a problemática da água possa ser solucionada.

“Desrespeita o Executivo por tratar o fornecimento de água, que é uma concessão pública, em bem privado; o Legislativo por quebrar as leis municipais e desafiar, com desmandos e descasos, o poder de fiscalização dos vereadores. No Judiciário, essa empresa é escandalosamente irregular, ilegal e imoral notadamente por mais de 500 processos movidos pelo povo lesado e cansado dos desserviços da concessionária. E, por fim a empresa trata o Ministério Público do Estado com desprezo e não responde a nenhuma intervenção desse poder”, justifica e completa: “A Manaus ‘crime’ Ambiental quer fazer de nossa cidade um lugar sem lei. Isso não pode ficar assim”.

Fotografia: Tiago Corrêa/ CMM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *