Consolidando através da Revisão no Discipulado Integral

“Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém.” (Mateus 28:19,20)

O discipulado integral nos coloca inteiros na Visão e na missão da Visão.

O que significa a palavra Discipulado? Aluno, aprendiz, aquele que segue um princípio, uma doutrina. A palavra mais forte para discipulado é aprendizado.

Jesus disse que era dado a Ele todo poder no céu e na terra. Ele tinha toda a unção, toda a capacidade, por isso podia mandar os discípulos fazerem discípulos em todas as nações, ensinando-os a guardarem todas as coisas que Ele ensinava, pois estaria com eles até a consumação dos séculos. Isso significa que Aquele que deu a missão garante o trabalho do discipulado. Em Efésios 4:20,21 lemos: “Mas vós não aprendestes assim a Cristo, se é que o tendes ouvido, e nele fostes ensinados, como está a verdade em Jesus.” ‘Aprendestes’, no texto, significa que eram discípulos e que precisavam viver plenamente Cristo.

O discipulado cristão significa ter a vida de Cristo e ser capaz de
treinar outros. Somos estimulados, no discipulado, a sofrer como bom soldado de Cristo (II Timóteo 2:3).

Sofrer no discipulado, em primeiro plano, não tem a ver com as atitudes dos discípulos em relação ao líder, mas às nossas tendências, inclinações, preferências, o que somos em nós mesmos, o que queremos ser e onde queremos chegar.

O grande desafio da Consolidação é o quanto Deus tem de nós. O quanto teremos de Deus é proporcional ao quanto Ele tem de mim. Todo avivalista é próspero porque ele tem o tudo de Deus por dar o tudo dele para o Senhor.

Se eu sou discípulo, eu tenho uma disciplina e preciso dar exemplo da vida de Deus e não apenas dar estudo; ser modelo e não apenas informar ou formar o intelecto.

Discipulado é o desafio de modelar; é mais que mentorear. Nosso Modelo é Cristo. E nosso primeiro desafio nesta noite é entender sobre ser discípulo e se integrar no discipulado.

O discipulado integral fala de estar com tudo integrado. E descobrimos que há uma falha muito grande da nossa parte. Então, como entender algumas situações? Temos que nos esforçar para ter disciplina que vai acima dos valores humanos. O que, de fato, vai decidir minha luta é o meu Modelo que me faz estar no discipulado, Jesus.

O Salmo 23, um texto extraordinário, assim como os outros, tem uma visão e uma missão profética. Antes de Cristo, o Salmo 23 fala do Pastor que traz refrigério, dá segurança e apresenta outros elementos mais. Temos essa palavra profética de que o nosso Pastor nos dará toda sorte de suprimentos. “O Senhor é o meu Pastor; nada me faltará.”

Em João 10, Jesus Se apresenta como o Bom Pastor. O que era profecia se materializa em Jesus Cristo de Nazaré. O principal ponto do discipulado é saber que Jesus é o meu Pastor.

A garantia do discipulado de que seremos indestrutíveis é se formos  Igreja de Cristo. Por isso, o ato da ceia é uma aliança de que o Corpo de Cristo está em nós e nós nEle. Jesus Se faz homem e o homem se torna Cristo.

O que está faltando para nós é mergulhar em Cristo, viver Cristo. Encontramos alimento pessoal para o discipulado do lado que Jesus nos colocou.

Só é possível caminhar no discipulado, caminhar juntos, quando temos amor. Se no Salmo 23 o Pastor é tudo, não podemos ficar sem o caráter do Pastor.

Implantar no discípulo o caráter de Cristo é o nosso desafio maior no discipulado. “… Cristo em vós, esperança da glória.” (Colossenses 1:27). Assim, integralizamos o discipulado. Discipulado integral não é possível se não absorvemos Cristo e o Seu Evangelho.

One thought on “Consolidando através da Revisão no Discipulado Integral

  1. Boa noite!

    Tremenda Palavra, Apóstolo. Assisti a ministração na igreja, foi poderosa. Agora, relendo, que maravilha. Saber e crer que é preciso ser transformado pelos princípios da Palavra e ter o caráter de Cristo.
    Deus lhe abençoe grandemente. Paz
    Ielva Bentes Galdino (Pr Waldinaldo e Célia)

Comments are closed.